As redes sociais e a música digital

domingo, 21 de novembro de 2010
A operadora de telefonia Oi irá premiar os artistas musicais mais engajados do mundo virtual, é o Prêmio Música Digital. A premiação tem como intuito estimular e valorizar esse novo segmento de difusão e consumo de música, assim como tentar conscientizar o público e fãs a consumirem música de forma legal, já que a pirataria virtual não remunera artistas, compositores e produtores. A popularização da internet e a crescente utilização dos recursos digitais viabilizaram novas práticas de produção, difusão e consumo de música. A cada dia que passa os LPs, K7s e CDs, que outrora reinavam em nossas estantes, estão dando lugar aos novos formatos digitais. Apesar da pirataria digital, o mercado de venda de música na internet, ou através dos dispositivos móveis, tem crescido bastante e mostra um grande potencial, indicando uma nova tendência.

Músicos e fãs utilizam a internet, através de blogs, podcasting, sites, rádios online e comunidades virtuais para estabelecerem uma comunicação direta com seu público e divulgar materiais musicais. Os fãs e aficionados por música não precisam mais se reunir em espaços físicos. A internet viabilizou o encontro desses grupos em espaços virtuais, por meio de listas de discussão, chats e rede de compartilhamento de arquivos sonoros. Podemos encontrar facilmente blogs com listas de diversos artistas e sua discografia completa. A internet tem a vantagem de possibilitar o acesso a trabalho de diversos artistas ao redor do mundo, que seria provavelmente impossível encontrar nas prateleiras de discos, pela própria limitação física ou falta de apelo midiático. Podemos também passar de meros consumidores, receptores da mensagem, para fazer o papel de “críticos”, já que os blogs e afins estão aí para isso.

Essa postagem está longe de discutir a questão da pirataria, que é algo muito mais complexo, ou mesmo o impacto da internet na indústria fonográfica, que é um fato, o objetivo é falar um pouco sobre como a internet está sendo usada por fãs e artistas como canal de comunicação e construção de sua carreira. Lógico que surgem um monte de porcarias, com a internet todo mundo quer ser artista, mas é possível garimpar muita coisa boa e de qualidade, como é o caso do trabalho de Lucas Santtana que usa seu site para divulgar seu trabalho e disponibilizar suas músicas de graça, com total interatividade entre o artista e seu público. A Divulgação em primeira mão de um clipe no Youtube, a publicação de música para download gratuito em sites de gravadoras independentes ou no MySpace, por exemplo, podem ser o ponto de partida para o sucesso, como foi o caso de Lily Alen, Mallu Magalhães, e a banda Cansei de Ser Sexy, que participou de vários festivais internacionais e abriu diversos shows de Gwen Stefani. Enfim, o Orkut, Twitter, MySpace, e outras redes sociais, tem importância fundamental na conjuntura atual na indústria da música, basta fazer bom uso dos recursos disponíveis. Ou o artista se insere nessa nova realidade ou ficará para trás.


39 comentários:

Tatiana disse...

Eu acho que vc trabalhou bem , apesar da complexidade do tema,a relação pirataria e mundo digital.
Considerou os dois lados da nova tendencia computadorizada apontando os prós e os contras.
Eu acho que os artistas têm que parar de reclamar da pirataria e começar a pensar em formas criativas de resolver o problema. Na era digital não se pode mais impedir tão facilmente que as noticias, musicas e etc se espalhem com velocidade total, então eles precisam aproveitar da melhor maneira possível essa nova configuração da relação artista-público e inovar driblando essa onda de "morte dos direitos autorais"
__
http://coracaoonline.blogspot.com/

MikaelMoraes disse...

é o futuro (ou seria o presente?)... parabéns pelo blog e pelos posts

visite-nos e comente tmbm

http://mikaelmoraes.blogspot.com

Antonio Alves disse...

Muito parabéns pelo blog, bem estruturado e ótimos textos!

medicine.practises disse...

Deveriam ser criadas novas formas de mídias , utilizadas unicamente na indústria fonográfica(como o extinto LP), moro ao lado do Paraguay , e é uma tentação ver Cds e DVD a R$0,50 e R$1,00 , mas tenho que ter a conciência de quantas pessoas e empresas estão envolvidas atrás de uma única música! òtima máteria!
http://medicinepractises.blogspot.com/2010/11/lanca-perfume.htm

Monique Burigo Marin disse...

No ano passado, fui ao Altas Horas e o Lucas Santtana estava lá. Foi a única parte boa da programação, haha.
Seu blog é informativo e bem escrito. Concordo com suas observações e percebi que podem ser valiosas. Estou seguindo. :)

Dih disse...

Muito a se falar sobre assunto.. Mas eu tenho que dizer que seu texto, quer dizer os textos de seu blog são muito bem escritos... E você soube muito bem expor a sua opinião sobre o assunto... PARABENS.

http://projetosdeumlouco.blogspot.com/

Felipe Matula disse...

É um tema muito complexo, ainda acho que quem gosta do artista vai comprar o cd sim, assim como se discute o livro digital, quem gosta do escritor vai comprar o livro...
Concordo com o ponto que disse sobre o artista de hoje ter a obrigação de fazer parte desse mundo virtual, hoje é essencial para qualquer um.

www.feriasdopresidente.blogspot.com

Marcos Aquino disse...

Legal a Oi fazer essa premiação. É um reconhecimento ao trabalho desses artistas iniciantes e um incentivo para que mais artistas apostem na internet como porta de entrada.
A internet pode sim ser boa para uma divulgação de um artista desconhecido. Mais é um local onde se mais tem pirataria, o que acaba prejudicando o artista.
Muito bem abordado o tema. Abs vou seguir. Oks

Brad Pághanni disse...

Cada vez que leio mais sobre digitalização eu fico mais avulso rsrsrsrsrs
Não sou excluído digital, mas como dizem aqui no RJ "eu perco a linha" rrsrsrsrsrs
É muuuuuuuuuuuuita coisa
Todos os dias nascem

Sandro Mangueirense disse...

Interessante perceber que essa realidade já é reconhecida, e mais, incentivada... com certeza isso fará com que gravadoras repensem sua forma de divulgação, porque muito da redução da venda de discos também se dá em função da necessidade de uma reformulação nas grandes gravadoras quanto à promoção de suas obras. Com essa iniciativa de alguns cantores e bandar, que ganharam notoriedade na net, ficou claro que os artistas nao tem que ser necessariamente escravos das gravadoras, e podem sim fazer sucesso com um meio alternativo, cujo alcance é maior ....

Bom saber disso!

Abração

@marcosvolk disse...

Hoje em dia muitas bandas estão investindo num trampo digital, principalmente bandas do undergound paulista.
Bom post esse.

http://maisqueindelevel.blogspot.com

Marcel Camp disse...

Acho que o youtube, principalmente, nos dias de hoje, é uma grande VITRINE para os novos artistas da música... se vemos e ouvimos uma boa apresentação deles, é certo que iremos gostar e comprar seus produtos musicais!!!

Acho que esse precoinceito musical contra as mídias que espalham uma forma de divulgação, é bobeira! Desde que não vire comércio, tudo bem.

Abrs!

www.vemaquinomeublog.blogspot.com

Byers disse...

É cara como vc mesmo disse a internet ajuda a difundir, no caso, porcarias como Mallu Magalhaes...ela canta com voz de pato rouco, todas as musicas seguem o mesmo estilinho sem sal, e alem disso ela é tonta.

huahaueue, maldito myspace!

Digho disse...

Agradeço a visita ao Pedaços de Mim.Parabéns pelo seu blog.Lembrando que já tem um novo Post disponível http://digho.blogspot.com

Well Souza disse...

É fato... não existe 'artista' sem 'internet'. Alias, quase todas os profissionais já estão on-line...
Mas é difícil para a nossa geração de artistas (e profissionais ligados) se adaptar a esse novo modelo de negócio... mas disponibilização free é uma realidade.

E é como você mesmo citou... para o artista até compensa a disponibilização gratuita, o problema é fazer o investimento inicial ("abraçar" o risco de uma produção desses moldes)...

Particularmente, coordeno um site literário e estou em busca de empresas que queiram patrocinar nosso trabalho... caso não encontre, abrirei um canal para doação dos leitores. Afinal, quem paga pelo programa photoshop, por exemplo, nada mais faz do que uma forma de "doação" para a Adobe! rsrs

Abraço e valeu pelo comentário no blog. Se puder ajudar a divulgar, ficaria muito agradecido!

blog
Site Comunidade Literária Benfazeja

kbritovb disse...

é man ta chegando o fim da era dos cd´s tb
por falar em música meu blog foi obrigado a tirar um clip da música Just a Dream do Nelly, pq eu estaria violando direitos autorais ¬¬
só coloquei o video num coloquei nenhum link pra download

Kiko Lemos disse...

Como tudo possui um lado bom e outro negativo. Olhando pelo bom existe a divulgação e pelo lado negativo existe a pirataria, é uma faca de dois gumes.

parabéns pelo texto

Pâmela Vidoni disse...

Bom para quem tem uma banda, esses são os aliados perfeitos.
Simples, rápidos e conectados!

http://blog-adversativo.blogspot.com/

Sapo Noiado disse...

Ola, Obrigado Pelo Comentario Em Meu Blog!

Uso muito as rede sociais para divulgar minha banda!

http://saponoiado.blogspot.com/

Cáah Lima disse...

Tipo, o myspace é o centro de divulgação de bandas e músicas, muitos bombam assim. amei seu post, bem informativo. *O*
bjs
http://oicarolina.wordpress.com/

mulherices disse...

Muito embora reconheça que essa mudança seja algo inevitável, não abro mão da "posse física" da música: gosto de ter os CDs originais e ainda conservo romanticamente todos os discos de vinil.

Maykel disse...

Parabéns pelo seu blog, muito bom!!!! Estou te seguindo ok ?


www.mascarasdaverdade.blogspot.com


Abraços!

Caçulinha disse...

Otimo post

www.euridicas.blogspot.com

L.K disse...

A digitalização não esta ocorrendo só na área da música mas também das notícias ,vídeos e etc...

e a nova moda (positiva) que veio para ficar.

Andress@♥ disse...

O ramo digital com certeza é um dos meios que mais prometem!
O importante é ter música boa, e de qualidade!
Adorei o Blog! Beijo

Gui disse...

Curti essa iniciativa da Oi..
Parabens pelo blog.. xD

Felipe Matula disse...

Gosto mto do seu blog e tenho uma sugestão, faz um post a respeito de bandas e artistas na cena alternativa....coisas bem independentes sabe....acho isso muito legal!!!

Sapo Noiado disse...

Tem um celo pra vc la em meu blog ve la!
=D

http://saponoiado.blogspot.com/

Carolina Mello disse...

parabens gostei do blog
vc mesmo fez o lay?
http://caramelooficial.blogspot.com/

Preguiça alheia disse...

www.preguicaalheia.blogspot.com

Parabéns pelo blog.. e obrigado pelo comentário!

Sucesso para gente!!
Entra no meu blog.. tem tudo haver com que você escreveu..rs..

ps.: estou te seguindo!

Abraço,
P.A.
_______________________________
www.preguicaalheia.blogspot.com

Araujo disse...

As redes sociais são uma excelentes portal para qualquer um que queira mostrar o seu trabalho; não só no meio musical. Porém, nessa explosão de conteudo, muito se perde de qualidade e autenticidade.

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

sneves1971 disse...

Esse assunto de pirataria virtual ainda tem muito pano pra manga.É importante que as gravadoras e seus artistas estejam atentos e em conexão direta com seus fãs para amenizar o problema que atinge os dois lado (fãs e ídolos)de forma cultural e financeira.

barbaranonato disse...

Penso que essa diversidade de ferramentas pode ser faca de ois gumes, mas ainda acredito que o artista deva também acompanhar essa evolução. Toda forma de divulgação pode ser preciosa, assim como manter-se inteirado do meio e do que acontece.

Érico disse...

Rapaz, por coincidência a ultima matéria no meu blog foi tbém sobre música, ou melhor, a droga da música! se quiser mais detalhes passe em: www.blog-do-pena.blogspot.com
Com relação ao seu post, gostaria de dizer que concordo com o seu ponto de vista com relação ao papel das redes sociais. O que antes podia ser visto como pirataria, hj é visto como puro marketing, barato e objetivo.
Grande abraço e aguardo sua visita

Diego Ernesto Dinatto Silva disse...

vlw pelo comentario no meu blog
-----
ai gostei do seu blog

ainda nun tive tempo de dar uma passada nele

mais vou sempre visitar ele

ok's

passa la no meu blog depois

www.iubdeds.com.br

abrc's

t+

;)

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Adorei!

Hemmely disse...

bom .. bem informativo tbm ^^ aliás a tendencia é essa.

Felipe Matula disse...

Um artista que disponibiliza as músicas de graça vai colher os frutos disso. Esses outros que são contra os programas de download eu não consigo entender...de verdade...

Nina Aubasi disse...

Internet hoje é sem dúvida um meio eficaz de divulgar o trabalho!

Postar um comentário