A música gravada

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010
Com o advento do formato MP3 e a facilidade da internet, novos hábitos de escuta musical foram surgindo, as informações extra-musicais, como a arte que compõe o encarte, assim como os instrumentos, arranjos utilizados e ficha técnica, deixaram de ter tanta importância. Muitas pessoas hoje, principalmente essa nova geração de jovens, não atentam a essas informações, baixam música pela internet e saem por aí com seus Ipods, celulares, ou outro dispositivo móvel ouvindo músicas de diferentes gêneros distribuídas aleatoriamente. Apesar de ser possível encontrar na rede parte ou mesmo a totalidade das informações sobre a gravação, incluindo criticas, resenhas e imagens, acredito que a experiência estética de ter um disco ou CD não foi substituída, até porque tais formatos de armazenamento estabeleceram um padrão de comportamento diante da música gravada, mesmo que a demanda pelos velhos formatos ou tecnologias de distribuição tenham diminuído. Particularmente faço questão de comprar o CD de meu artista favorito, nada substitui o prazer de tê-lo em minhas mãos.

7 comentários:

. Yuri Barichivich disse...

Eu compro os Cds que eu realmente gosto, somente para colecionar. Embora tenha praticamente todas as músicas em MP3. Não acho que substituiu o CD.

http://verball.com.br

mulherices disse...

Ah, que bom ler isso! Pelo menos agora sei que não sou a única pessoa do mundo que pensa assim.

Eu acho uma tristeza essa maneira de consumir música de hoje em dia, como se fosse fast-food. Como vc disse, músicos, arranjadores e instrumentos utilizados simplesmente não são mais conhecidos. Muito pior q isso, os COMPOSITORES não são sequer mais mencionados ... nem pelas rádios!

Sou do tempo do discão de vinil, em que comprar um LP era um "evento", a gente saboreava o disco todo, inclusive as informações do encarte a medida que ouvia.

Não vejo a menor GRAÇA em baixar música pela internet e não abro mão dos CDs originais.

Lucas Dinizz disse...

Eu compro CD's! Mas só quando gosto muito dos cantores, tenho 3 e encomendei pela internet mais 2 da Lady Gaga! Curto o encarte, essas coisas e tal ... Acho interessante :)

LETÍCIA CASTRO disse...

Ítalo, já faz quase dez anos desde a última vez em que comprei um CD. Tenho que confessar que a experiência táctil de tê-lo nas mãos foi vencida de maneira fácil no meu caso. O mesmo não aconteceu com os livros e tenho a nítida impressão de que não terei um leitor eletrônico.

Parabéns pelo post!

O Pinto Louco disse...

dificilmente eu compro CD só quando é pra dar prensente alguma coisa assim, eu baixo muita coisa!

WEL INFO disse...

Também não sei mais o que é comprar um cd, hoje na internet tem o site do mp3, o site do encarte, o site das versões exclusivas... enfim é uma briga perdida.

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

Ainda acho que as gravadoraas devem estár de olhos abertos e tentar se adequar as novas tecnologias! Ou então será realmente complicado principalmente para os artistas....

Postar um comentário