O lado negro e colorido de sair do armário

terça-feira, 6 de abril de 2010

Esse não era o tema previsto para essa postagem, mas antes que o assunto esfriasse resolvi que essa era a hora certa de tirar do armário, ou melhor, da cabeça, tudo que penso a respeito dos riscos que a carreira de um artista pode enfrentar quando ele assume sua homossexualidade. Sem preconceito e hipocrisia, isso é um fato que pode sim afetar para o bem ou para o mal a carreira de um artista.

Recentemente o cantor porto-riquenho Ricky Martin, assumiu ser gay para o público em seu site, “Hoje aceito minha homossexualidade como um presente que a vida me deu”, declarou ele. Nada que pudesse gerar tanta surpresa, apesar dos inúmeros artigos e notícias relacionadas em revistas e jornais de fofocas mundo a fora. Essa era uma questão que o perseguia a muito tempo. Talvez algumas fãs estejam decepcionadas, uma decepção passageira, mesmo porque não será por causa desse pequeno detalhe que elas deixaram de ser fãs ou queimarão seus discos. Posso não estar certo, mas o máximo que pode acontecer é ele deixar de ser um símbolo sexual feminino e passar a ser um símbolo sexual dos gays, como George Michael, por exemplo. Ou quem sabe ele iniciará uma nova etapa de sua carreira com muito mais liberdade criativa e muito mais feliz.

Com uma carreira consolidada, milhões de discos vendidos, entendo que a decisão de tornar pública sua opção sexual tão tardiamente tenha sido coerente, a possibilidade de rejeição, é nesse caso, algo muito provável de acontecer, mesmo que seja apenas inicial. Muito pior seria protagonizar algum escândalo e ser forçado a sair do armário como foi o caso de George Michael, que em 1998 foi preso em Los Angeles após ser flagrado fazendo sexo com um homem em um banheiro público, depois disso seu sucesso nunca mais foi o mesmo.

Assumir a homossexualidade nunca foi uma tarefa fácil não só no mundo da música como em todas as instancias artísticas, exatamente por oferecem algumas limitações, como por exemplo, estar restrito a um tipo determinado de público. É claro que nem todos encontram problemas em sair do armário, ganham admiração e seguidores, caso de algumas artistas da MPB. Mas por conta do conservadorismo do público isso não pode ser concebido a todos.

29 comentários:

Daniel Silva disse...

fiz um post sobre isso também. não acho que ele será crucificado por isso. quem não gosta, vai continuar não gostando. e os fãs, quem sabe, vão admirá-lo ainda mais por isso.

abraço

SinaldoLuna" disse...

Bela análise... E, concordo com você. Não acho que toda carreira dela venha cair pelo fato de ele ser homossexual. No máximo,pode vislumbrar novos rumos.

Parabéns e Sucesso!

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

Verdade... Apesar dos Muitos comentários, de "eu já sabia" -dentre eles o meu feito no Blog do Daniel- admitir ser gay no meio artistico pode se tornar uma faca de dois gumes. Há quem apoia e considera "valentia" e ha que torce o nariz e diz que é por que está "fora da midia".
As pessoas vão comentar de qualquer jeito, e até, na mais malvada das hipoteses um grupo de sensacionalistas serem contagiadas pelo bixo do preconceito e da homofobia... Talvez "este" seja realmente o momento certo para se revelar algo tão intimo. provavelmente na epoca dos "menudos" ou na epoca em que o Rick estava se consolidando na carreira solo em nivel internacional, as coisas poderiam ter se desenrrolado de um modo "não satisfatório".

Tatiana disse...

depois que eu soube que os filhos dele eram de uma gestação de barriga de aluguel eu desconfiei.. uma pessoa hetero teria arrumado uma namorada.. tinha feito os filhos " à maneira tradicional". Mas eu concordo com vc que não irá "desfazer" fãs.. O talento dele transcende qualquer opção sexual..
Agora eu não vou dizer que não lamento, mesmo não tendo chances de ficar com ele(rsrs), por que eu lamento sim. É aquele famoso " ô desperdício" que nós mulheres entendemos bem. rss
Deve ter sido um alivio pra ele, também acho que ele vai se sentir mais leve e mais criativo pra produzir uma coisa que ele sempre fez muito bem.
Que a felicidade seja plena agora pra ele.

se quiser conhecer meu blog , será bem vindo

http://coracaoonline.blogspot.com/
=*

vanessaluiza.com disse...

Também não acho que perderá fãs com a revelação..
Pelo menos não tantos. Ele os ganhou pela música e pela aparencia, presença de palco, dança, entre outras coisas. Acho que nunca deixou realmente claro a opção sexual, então não será um escândalo enorme pra quem gosta.

Gostei dos assuntos abordados aqui.
Bom dia.

Pobre esponja disse...

Acho que todos devem se assumir, desde atitudes à bandeiras, pois além de fazerem bem aos próprios encorajam outros.
É legal ele ter assumido, e paradoxalmente me irrita ele só ter o feito com carreira consolidada.

karina de lima disse...

ele teve muita coragem , por ser um uma pessoa que sempre está na midia *---*
http://blogdakarinadelima.blogspot.com/

mixaria disse...

ele teve muita corageem ²

Duneiro 01 disse...

vi essa reportagem tbm...e sobre o o cantor netinho tbm, q alias já foi casado e teve (fez) uma filha...
mas enfim....isso acontece...rs
e tati....pega eu então...
brincadeira....rs

ps: retribuindo a visita no canelada....vlw..

Livre para voar disse...

Acho que os fãs de verdade não deixarão de ser fãs por ele ser homossexual...Mesmo por que,essa condição não atrapalha em nada o trabalho dele nem de ninguém!
Parabéns pelo blog!

Fábio Aiolfi disse...

Pois é... que coragem, não?
Ter tanta fama... mas respeito muito...o Ricky

Tunados & Loucos disse...

Corajoso...

Porém sei lah né...

Cortou toda a imagem do cara...

palavras ao vento disse...

sempre desconfiava ...mas ja que falou...boa sorte para ele nessa nova fase.,,,rssrs

Marcus Duarte disse...

Realmente é algo complicado,
Mas sou a favor de os gays sairem do armário, a pessoa certamente se sentirá mais livre, e melhor para combater o preconceito.

Jeh Pagliai disse...

Realmente, imagino o quão difícil seja assumir a opção sexual, para quem durante toda a vida foi um "símbolo sexual". Porem, penso ser ainda mais difícil, tentar esconder de todos sua verdadeira sexualidade. Não vejo problemas dele ser gay ou não, para mim, Ricky Martin continua sendo o mesmo artista de sempre...rs

Beijinhos

---
www.jehjeh.com

Brunão MOV. RSJ disse...

Não tenho preconceito contra gays, não tenho preconceitos em etnia também, mas não tente entrar no meu espaço porque eu sou o tipo que 'vocês' gostam, acho que as mulheres devem achar um grande desperdicio, de resto, nunca gostei da musica dele.

Visite meu blog: http://brunaorsj.blogspot.com

Daniel Lima disse...

Quando fiquei sabendo da notícia pela manhã ao acordar, brinquei com meus pais que ele canta "1,2,3... baila salsa e merengue hô Maria..." (Acho que é assim a letra da música), a Maria da música deveria ser lésbica e que ele se agradava desse fato.
Cada um sabe o que faz da vida.

www.comdestaque.blogspot.com
www.sarau2eteres.blogspot.com

Francorebel disse...

Ai, cara, talento é talento, e isso não depende do fato de alguém assumir ou não uma condição sexual... valeu!

Andre Mansim disse...

Tem que ver depois como isso vai se refletir com as fãs ...

Gabriel Pozzi disse...

Virou notícia de muitos jornais e de muitos blogs, fato. Li em tudo quanto é blog sobre a tal saída do armário, e suponho que seu post seja o mais redondinho sobre o assunto. A maioria parte pro lado "ele tinha que se libertar mesmo e isso não muda nada", e de alguma forma é a essência do seu post, mas você o fez de uma forma bem explicada, bem gostosa de ler...
Minha opinião? Honestamente, não "fiz notícia" disso pq acho que isso deveria ser tão natural quanto o artista dizer em seu blog: "sou vegetariano".
Enfim, admiro muito seu blog, aguardo o próximo post :D

http://songsweetsong.blogspot.com/

Fábio disse...

A vida pessoal dele , ele faz o que bem entender. A obra não pode se confundir com o artista.

Marcela disse...

Obrigada pela retórica, que bom que decidiu repautar este assunto. Sinceramente achei o máximo a notícia, certamente viver oprimido não deve ser bom, e acerca disto acredito que a mensagem que fica é:

'NÃO SE REPRIMA'

Entre tantos outros valores morais/éticos.

http://memoriaspsicodelicas.blogspot.com

Choca-Colas disse...

Gostei muito do post...
Realmente, ele teve muita coragem...
Deve ser horrível manter-se reprimido x.x

Parabéns pelo blog! ^^
:*

http://choca-colas.blogspot.com/

MR disse...

Cada um na sua!

S.C disse...

Acho que a carreira consolidada dele vai ajudar muito agora, quem é fã continua fã e quem não tem preconceito pode virar,tbm não acho q ele deixou de ser um simbolo sexual, até pq todo mundo desconfiava a muito tempo de q ele era gay, a verdade é q os gays adoraram e eu como mulher, apesar de não ser fã mas gostar, continuo achando a voz dele um arrazo, q ele dança muito e continua lindo como sempre.

Einstein² disse...

Eh de fato uma situação muito complicada, mas bem melhor assim do que numa situação degradante como a que vc citou em 1998. A vida é dele e o momento eh dele. Admiro a coragem! Bom texto! Abraço!

Gutt e Ariane disse...

Demorou, mas assumiu... e a pergunta que fica é: Ficará menos rico ou perderá nicho de mercado? Duvido... A vida segue...

mixaria disse...

Tudo na vida tem seus dois lados : o bom e o Ruim !

MR disse...

Não acho q isso faça dele menos profissional, mas faz dele mais feliz...
Não curto o trabalho dele e não vou passar a curtir agora, mas acredito que ele deve estar mais aliviado agora sem ter q TENTAR fingir uma coisa q não é...

Postar um comentário